domingo, 18 de junho de 2017

Como Fazer Crítica de um filme

Não importa se um filme é uma porcaria ou uma obra de arte, ele merece ser analisado criticamente. Uma crítica deve entreter, convencer e informar para oferecer uma opinião original sem entregar muito da trama do filme. Uma boa crítica pode ser considerada uma obra de arte! Aprenda a analisar filmes, criar teses interessantes e escrever críticas tão divertidas quanto os filmes que está avaliando.

1Identifique os fatos básicos sobre o filme. Não é preciso saber muito sobre ele antes de assisti-lo, mas isso é importante na hora de escrever a crítica. A ideia, afinal, é escrever uma análise baseada em fatos e opiniões. Você precisa saber: O título do filme e o ano de lançamento; O nome do diretor; Os nomes dos protagonistas; O gênero.

2Faça anotações enquanto assiste o filme. Quando for sentar para ver um filme, pegue uma cadernetinha ou um laptop para fazer anotações. Os filmes são longos e, ao terminar, você pode esquecer de pontos importantes. As anotações ajudam a lembrar de coisas pequenas. Faça uma anotação sempre que algo, positivo ou negativo, se destacar. O comentário pode ser sobre figurinos, maquiagens, cenários, trilhas sonoras, etc. Pense em como o detalhe se relaciona com o restante do filme e o que isso significa no contexto da crítica. Identifique padrões conforme o filme se desenrola. Pause o filme com frequência e volte se necessário. Não perca nada!

3 Estude as mecânicas do filme. Analise os diferentes componentes da obra conforme a assiste. Durante ou após a exibição, pergunte-se quais foram as impressões que teve das seguintes áreas:
·                     Direção. Como o diretor optou por representar os eventos da história. Se o filme é lento ou não inclui elementos que considera necessários, bote a culpa no diretor. Se já viu outro filmes dirigidos por ele, compare-os e veja qual gosta mais.
·                     Fotografia. Quais técnicas foram usadas na filmagem? Quais ambientações e elementos de fundo ajudaram a transmitir o tom da história?
·                     Roteiro. Analise a história, os diálogos e as caracterizações. Achou a trama inventiva e imprevisível ou chata e fraca? Os personagens pareciam reais para você?
·                     Edição. O filme parecia picotado ou fluía bem de cena em cena? Observe efeitos de iluminação e ambientação. Se o filme tem efeitos computadorizados, analise se eles combinavam com o resto das imagens.
·                     Figurino. As roupas encaixaram bem no estilo do filme? Elas contribuíram para o tom da história ou apenas distraem o espectador?
·                     Cenografia. Como a ambientação do filme influencia outros elementos? Ela melhora ou piora a experiência? Se o filme foi filmado em um local real, a locação foi bem escolhida?
·                     Trilha sonora. Os sons combinaram com as cenas? A trilha foi super ou subutilizada? A música pode melhorar ou acabar com um filme, principalmente se as músicas tiverem uma mensagem ou um significado específico.
PRA FINALIZAR:
Edite o texto. Ao terminar o esboço, leia-o e avalie o fluxo e a estrutura. Talvez seja preciso reorganizar parágrafos, remover frases e adicionar materiais para melhorar pedaços que não fluem muito bem. Uma revisão básica é necessária, mas se possível, revise o texto duas ou três vezes.
·                     Pergunte-se: a crítica reforça minha tese? A conclusão fechou as ideias propostas no início do texto? Veja se a crítica contém detalhes suficientes sobre o filme. Talvez seja preciso acrescentar mais descrições para transmitir melhor a ideia do filme para o leitor. Avalie se a crítica é interessante como obra. Você contribuiu com algo para a discussão? Os leitores ganharão algo lendo a crítica que não ganhariam simplesmente assistindo o filme? Revise a escrita. Os nomes dos atores e profissionais técnicos devem ser escritos corretamente e todas as datas devem ser checadas. Confira erros gramaticais e de digitação para criar uma crítica profissional! Publique a crítica. Poste-a em seu blog, em um fórum de discussões, nas redes sociais ou envie-a por e-mail para amigos e familiares. Os filmes são formas de arte recentes e, como todas as outras formas, são fontes de controvérsia, influenciam a cultura e ajudam na autorreflexão. Eles devem ser discutidos, sejam bombas ou obras geniais! Parabéns por contribuir com sua opinião valiosa para a discussão.
·                     Compreenda que o fato de não gostar de um filme não significa que deve escrever uma crítica ruim. Como crítico, seu papel é ajudar os leitores a encontrar filmes que eles gostarão; como não tem o mesmo gosto que todos, é preciso saber quando os outros gostarão de algo, mesmo que você não goste.
·                     Leia muitas críticas e pense no que as torna mais úteis do que outras. O valor da crítica nem sempre está na precisão (o quanto o leitor concorda com o autor), mas sim na utilidade (como o autor é capaz de prever se o leitor vai ou não gostar do filme).

·                     Não entregue as reviravoltas do filme! Ninguém gosta de Spoiler! MÃOS A OBRA!!!

Ah... e já fica o Trailer da MULHER MARAVLHA que eu adorei... por sinal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Falando nisso... deixe seu comentário: