quarta-feira, 26 de março de 2014

CHARGE, TIRINHAS E HQ's

O que é Charge?

A charge é um desenho ou uma pequena história em quadrinhos que possui um caráter humorístico e crítico. Destacam-se pela criatividade e abordagem de temas da atualidade. Os personagens geralmente são desenhados seguindo o estilo de caricaturas.

As charges são elaboradas por desenhistas e podem retratar diversos temas como, por exemplo, assuntos cotidianos, política, futebol, economia, ciência, relacionamentos, artes, consumo, etc.

As charges costumam ser publicadas em jornais, revistas, livros, etc. Com o desenvolvimento da Internet, apareceram vários sites especializados em apresentar charges animadas elaboradas em linguagem flash.


Disponível em: http://www.suapesquisa.com/o_que_e/charge.htm









O que é Tirinha?
Uma tira de banda desenhada ou tira  em quadrinhos é o equivalente em português do termo inglês comic strips, o qual se refere a uma apresentação possível de Banda Desenhada, caracterizada por uma série de vinhetas, publicada regularmente (normalmente diariamente ou semanalmente), em jornais ,revistas e mais recentemente nas páginas da Internet (webcomics). Estrutura-se em enunciados curtos, e traz um conteúdo em que predomina a crítica, com humor, a modos de comportamento, valores, sentimentos, destacando-se, portanto, nessa composição, códigos verbais e não-verbais. Existem dois tipos de tiras de periodicidade diferente:
  • tira diária (em Inglês, daily strip que se desenvolvem em algumas tiras (geralmente entre três e quatro), alinhados horizontalmente e geralmente publicadas em preto e branco por causa do ritmo de publicação.
  • As tiras dominicais (em Inglês, sunday strip), que normalmente enchem uma página e são publicadas em cores.
Não necessariamente este tipo de apresentação de banda desenhada tem de ser cómico (outros géneros que têm sido explorados são a familiar, aventuramistérioespionagempolicialdramaheróis e super-heróis, entre outros).

Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tirinhas






O que é HQ?

História em Quadrinhos, Quadrinhos, Gibis e outras várias formas de nomenclatura, servem para descrever o modo de contar ou narrar uma história em forma sequencial com imagens e textos interagindo entre si dispostos em quadros esquematizados em uma ou várias páginas nos mais diversos estilos e gêneros.
As HQ’s são conhecidas também como a “Nona Arte” graças a Riccotto Canudo. E como Arte Sequencial (Sequential Art) pelo quadrinista Will Eisner  devido ao “arranjo de fotos ou imagens para narrar uma história ou dramatizar uma ideia” (fotonovelas e infográficos jornalísticos também podem ser denominados dessa forma), este termo de “Arte Sequencial” é geralmente utilizado para definir a linguagem usada neste tipo de representação.
As HQ’s são geralmente publicadas em revistas contendo uma ou várias histórias de um mesmo personagem ou acontecimento ou em revistas com várias histórias de personagens diferentes ou diferentes acontecimentos, esse ultimo modo de publicação é comumente chamado de “antalogia”, também é comum ver histórias em quadrinhos publicadas em livros ou em tirinhas impressas em jornais e revistas.
São conhecidos como Comics nos EUA, Mangá no Japão, Bande Dessinée (BD) na França, Historietas na Argentina Fumetti na Itália, Tebeos na Espanha, Muñequitos em Cuba.

Revistas Em Quadrinhos

A revista em quadrinhos, como é conhecida no Brasil, “comic book” como é geralmente conhecida nos EUA ou “mangá” como é chamada no japão, é o formato mais usado para a publicação dessas histórias, de séries noir e romances aos populares super-heróis.

Graphic Novel

Este é o termo utilizado para descrever as revistas em quadrinhos com enredos mais longos e complexos, que geralmente são direcionados ao publico adulto. Mas este termo não é estritamente delimitado, Graphic Novel várias vezes é utilizado para edições com qualidades artísticas e de acabamento diferenciado, superior às demais histórias em quadrinhos.

Fanzine

Este é o quadrinho amador, feito de forma artesanal por meio de Xerox, mimeógrafos ou impressoras domésticas. É uma forma barata de autores independentes produzirem seus trabalhos e publicá-los para seu publico. Diversos cartunistas e quadrinistas começaram desta maneira antes de se tornarem profissionais, outros continuam publicando fanzines mesmo após su profissionalização, publicando seus fanzines paralelamente aos  seus trabalhos profissionais.
Este termo também é utilizado para descrever outras publicações amadoras feitas por fãs de diversos meios de entretenimento, com noticias e ensaios sobre música, cosplay, literatura, informática, esporte, filme, etc.

Webcomics

Também conhecido como “online comics”, “quadrinhos digitais” ou “digital comics” são histórias em quadrinhos publicadas na internet. Muitas webcomics são divulgadas e vendidas exclusivamente na internet, enquanto algumas outras alem de serem comercializadas e distribuídas digitalmente também podem ser publicadas em papel. Com a popularização da internet este formato de está em constante evolução e inovação.

O que é Mangá?

O nome Mangá é dado a todas as histórias em quadrinhos de origem japonesa. Essa palavra é resultado da junção de outras duas:
  • Man – que significa involuntário;
  •  – que significa imagem.
Além de ter origem japonesa, os mangás se diferenciam pelos seus desenhos e personagens em si. Assim como os animes, os mangás possuem características próprias e desenhos típicos.

Características

  • Uma das características dos mangás está no próprio alfabeto japonês. Os ideogramas representam, além de sons, idéias. É muito comum encontrar onomatopéias representadas por ideogramas do alfabeto japonês.
  • Os mangás não são criados como os gibis que conhecemos. A sua leitura deve ser feita de “trás pra frente”, considerando os moldes tradicionais. Ou seja, a história começa na última página e osquadrinhos são lidos da direita para a esquerda.
  • Os volumes de mangás são compostos de aproximadamente 200 páginas. Assim sendo, as histórias são compridas e com muitos detalhes. Possuem diversos pontos de vista e, além disso, conta com variações no número de quadrinhos, já que os autores (chamados mangakás) aproveitam o espaço disponível para transbordar os sentimentos e emoções nos desenhos que variam de tamanho.
  • É comum encontrar mangás impressos em papel jornal, preto-e-branco. Devido ao grande número de páginas, tal atitude reduz os custos e os torna viável a todos os leitores.
  • O principal ingrediente é a capacidade de fazer as pessoas mergulhar nas histórias, transparecendo suas emoções e sentimentos e encantando os leitores.
Mangá - Naruto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Falando nisso... deixe seu comentário: