domingo, 21 de julho de 2013

Dica de Leitura para PAIS

   Com dois filhos, sobra cada vez menos tempo para sentar e ler um livro. Neste exato momento meu filho está aqui do meu lado, assistindo Cocoricó e comendo Danoninho, enquanto escrevo este texto. Ler um livro, então, que exige certa concentração... Ainda mais para pessoas que começam a ler um capítulo e não param ate terminar, como eu.
   Mesmo assim, não consigo ficar sem um livro na cabeceira. Com meu primeiro filho, ganhei de minha mãe o A ENCANTADORA DE BEBÊS, de Tracy Hogg. E descobri que ela é ótima... mas é muito difícil seguir o livro com todos os familiares falando que você está fazendo errado. É um modelo americano. E moramos no Brasil. Mas tem coisas bem legais... principalmente porque trata especificamente de bebês de 0 a 2 anos de idade. Para mamães de primeira viagem, que não tem nenhum familiar ou amigo morando próximo, se torna um MANUAL. Assim como A VIDA DO BEBÊ, do Dr. Lamare. Esse é realmente bom. Um manual do que esperar do seu filho e o que fazer com tudo isso. Pra mim, o melhor livro sobre bebês...
 Em seguida, veio minha filha e foi a vez de "É Claro que eu amo você... AGORA VÁ PARA O SEU QUARTO!", de Diane Levy, que acabei emprestando de minha irmã. A princípio achei que era outro auto ajuda, daqueles livros que prometem fórmulas milagrosas. Mas com a falta de tempo e de concentração, uma autoajuda não seria nada mal, apenas para não perder o hábito da leitura. E acabei me tornando especialista nesses livros... Afinal... todos os pais do mundo querem um MANUAL DE INSTRUÇÕES DE COMO CUIDAR DE SEUS FILHOS.
   Livros sobre a possível "EDUCAÇÃO CORRETA PARA NOSSOS FILHOS" estão na moda. "Quem ama, educa", "Como educar meninos", Como educar Meninas","Educação Saudável, filhos felizes", '151 ideias para educar seus filhos", "Filhos difíceis de educar" "ORIENTANDO PAIS, EDUCANDO FILHOS: GUIA PRÁTICO PARA RESOLVER SUAS DÚVIDAS SOBRE A EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS"... e por aí vai...
   Esses livros mostram fórmulas plausíveis... como aquelas coisas que a gente sabe, mas precisa vir alguém de fora pra falar.Mas... COMO É DIFÍCIL COLOCAR EM PRÁTICA!!!

Sinceramente... Acredito que toda leitura seja válida. Inclusive a autoajuda (que eu tanto critico...). Mas, quando se trata da educação de nossos filhos... O que vale mesmo é o velho INSTINTO MATERNO e rezar, pra que (daqui à uns 25 anos...) eles reconheçam nossos esforços. Afinal... CRIAR UM FILHO É UM INVESTIMENTO À FUNDO PERDIDO!!!

Fonte da imagem: Google imagens





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Falando nisso... deixe seu comentário: